União Maçónica do Mediterrâneo

Franco Franchi, Grão-Mestre da Grande Loja de Itália, lançou um apelo, no ano 2000, às potências maçónicas da bacia do Mediterrâneo para debater “em que medida as raízes culturais comuns da tradição mediterrânica, influenciam o processo iniciático”. Desde então o prometi evoluiu e a União Mçónica do Mediterrâneo é hoje uma Associação de 15 Obediências, adogmáticas e liberais dos países da bacia do Mediterrâneo, ou da sua cultura.

A UMM trabalha para a manutenção e difusão da cultura e da história iniciática do Mediterrâneo e para o estudo dos problemas da actualidade. Pretende interpretar sinais dos novos tempos, não em competição, ou como alternativa a outras instituições maçónica internacionais, mas como objectivo de dar força e autonomia a uma Maçonaria livre das rígidas regras impostas pelos Grande Loja Unida de Inglaterra. A UMM tem uma visão aberta e moderna da Maçonaria, que abrange não só a velha Europa, mas também países do Médio Oriente e do Norte de África. Uma perspectiva que é única a poder incentivar o diálogo para garantir um futuro de tolerância, respeito e partilha com todos os que sofrem guerras, fanatismos e privações de todo o tipo.

Quero partilhar
Translate »